Estudar na Itália com o Ciência sem Fronteiras: saiba mais

Quer fazer intercâmbio na Itália através do programa de Bolsas de Estudos Ciências sem Fronteiras? Conheça as universidades que recebem alunos brasileiros no EuroPós, a feira de Graduação e Pós-Graduação na Europa, chegando no Brasil já em duas semanas! Você pode conseguir agora o seu convite gratuito aqui.


Como você já sabe, o programa Ciência sem Fronteiras (CsF) é focado nas áreas de interesse relacionadas a inovação, tecnologia e desenvolvimento industrial (ciências naturais e da vida, engenharia, agricultura sustentável, tecnologias da informação e da comunicação, indústrias criativas) e tem como finalidade assegurar o estabelecimento de novas conexões, projetos e parcerias internacionais entre estudantes e instituições brasileiras e as universidades do exterior.

A Itália está apoiando fortemente o programa e partilha desses objetivos de consolidar e expandir a colaboração científica ao nível internacional, através do intercâmbio e mobilidade e reforçando a interação entre as universidades, o setor dos negócios e a sociedade civil.

Graças ao apoio e à iniciativa da Embaixada Brasileira de Itália, em novembro de 2011, as instituições italianas assinaram uma parceria com dois organismos do Governo do Brasil – a CAPES e a CNPq -, a fim de iniciar um trabalho conjunto para possibilitar o intercâmbio de estudantes, cientistas e intelectuais através do CsF.

 

1. Universidades e Centros de Pesquisa Telecom Italia inclusos no CsF

 

Essa rede de trabalho inclui, até o momento, 25 universidades selecionadas pelo Governo brasileiro entre as instituições mais qualificadas nas áreas de pesquisa do programa: o Conselho Nacional para a Pesquisa (CNR), o Instituto BIOGEM, o Instituto Nacional de Física Nuclear INFN, o ENEA (Agência Nacional Italiana para as novas tecnologias, energia e desenvolvimento econômico sustentável), o Sistema Friuli Venezia Giulia e os Centros de Pesquisa da Telecom Italia.

A Universidade de Bolonha hospeda o secretariado técnico dessa rede de trabalho.

A Fondazione Alma Mater (FAM), fundação que faz parte da Universidade de Bolonha, trabalha com essa rede do programa CsF-Itália no desenvolvimento de oportunidades de estágio em empresas italianas que tenham negócios comerciais no Brasil. Na última edição do CsF, entre 2013 e 2014, mais de 130 empresas ofereceram cerca de 400 estágios.

Se você quer saber mais sobre essas oportunidades de estágio e conhecer as instituições italianas nas quais você poderá estudar através do CsF, então, não perca o EuroPós Brasil. Garanta sua entrada gratuita aqui e venha definir o seu futuro na Itália agora nos dias 29 e 30 de novembro em São Paulo!

Pode também enviar um e-mail solicitando mais informações para [email protected].

 

Fonte: CsF - Itália Team, Universidade de Bolonha