Faça um programa de Pós-Graduação na França

Você sabia que a França é o terceiro país do mundo com maior número de estudantes internacionais por ano? Na França, existem mais de 270 mil estudantes internacionais que decidem seguir os estudos no país principalmente pela qualidade acadêmica das instituições francesas e pelos baixos custos das mensalidades; é possível viver e aprender a cultura, uma oportunidade de aprender o francês, a culinária e a magia do país.

O Sistema de Educação Francês

Se você tem interesse em fazer um programa de pós-graduação na França, você precisa saber que no país existem dois tipos de instituições que oferecem programas de educação superior. Existem as Universités, as quais significam universidades, e as Grandes Écoles, que são escolas de alto prestígio.

Universités: como instituições públicas, as universidades francesas oferecem programas de pós-graduação em todos os ramos de estudo. Com mais de 1.5 milhões de estudantes, as Universités são conhecidas por desenvolver a maioria das pesquisas públicas na França. No entanto, hoje em dia estas instituições estão abertas as necessidades do mercado de trabalho, expandindo o número de estudantes que procuram estágios como parte de seu programa acadêmico. De fato, 60% dos Mestrandos nas universidades francesas classificam-se como este tipo de profissional.

Durante sua pesquisa, você encontrará mais de 80 Universités que, como instituições financiadas pelo governo Francês, têm a qualidade e seus cursos oficialmente certificada.

Grandes Écoles: Menores que as Universités, as Grandes Écoles são instituições privadas ou públicas, que são autorizadas pelo governo francês que oferece graduações de educação superior. Na França, as Grandes Écoles são caracterizadas por ter um alto processo seletivo e competitivo de admissão, no qual os candidatos devem se submeter a rigorosos exames. Mas não se preocupe: existem mais de 30.000 estudantes internacionais cursando pós-graduações nas Grandes Écoles.

É importante saber que o ensino na Grande École é principalmente focado nas necessidades do mercado e da indústria francesa. Mais de 60% dos diretores e gerentes das 100 maiores empresas francesas se formaram através da Grande École. Para que os estudantes tenham maior possibilidade de contato com o setor de negócios, a Grande École geralmente oferece estágios e intercâmbios internacionais. Outra vantagem é que essas instituições, em sua maioria, possuem cursos completos ensinados em inglês.

Se você está interessado em estudar em uma Grande École, você precisa saber que estão divididas em:

·         Escolas de Administração

·         Escolas de Engenharia

·         Escolas de Ciências Políticas

·         Escolas Especializadas (em gastronomia, hotelaria, moda e cinema)

 

Tipos de Pós-graduações

Durante sua pesquisa sobre o programa de pós-graduação na França, você provavelmente encontrará que o sistema educacional superior francês é organizado na forma de L-M-D: licenciatura-mestrado-doutorado. Destes, você poderá estudar apenas o Mestrado e Doutorado neste país.

Mestrado: na França, programas de mestrado duram quarto semestres. No final de cada semestre, você terá que ter, ao todo, o equivalente a 30 créditos ECTS para completar um total de 120 créditos ECTS necessários para terminar um programa de mestrado. Se você decidir fazer um Mestrado na França, você vai perceber que cada estudante pode decidir como distribuir os cursos, dependendo do projeto acadêmico e profissional do aluno. A maioria dos cursos oferecidos pelas Universidades Francesas é dividida em aulas teóricas e aulas práticas, dando aos estudantes a possibilidade de aplicar na prática a teoria que aprenderam durante o curso.

Na França, o programa de Mestrado, com duração de dois anos, é dividido em:

·         Mestrado 1 (M1): No primeiro ano do seu mestrado, você estudará os assuntos mais gerais do seu programa. É importante saber que quando você terminar M1 você não receberá a graduação de mestrado, mas um certificado por ter concluído o primeiro ano. Para receber o diploma de graduação do Mestrado, você terá que terminar o M2.

·         Mestrado 2 (M2): Este é o segundo ano de seu programa de mestrado, onde você focará mais em cursos especializados. Apesar de existirem candidatos que, devido a sua experiência escolar e profissional, são admitidos diretamente para o M2, é recomendado que você se candidate para o M1. Depois de analisar o seu perfil, o Comitê de Admissões decidirá se você deve entrar no M1 ou para o M2. Geralmente, durante o M2 você poderá decidir qual orientação você terá para o seu mestrado (Mestrado Profissional ou Mestrado de Pesquisa).

Quando você decidir fazer um mestrado na França, você terá que saber que existem diversos tipos de programas deste tipo no país:

·         Mestrado Profissional: Este tipo de mestrado é focado na indústria de necessidades e procura estudantes que estejam aplicando o conhecimento diretamnente no trabalho. Se, depois de terminar o mestrado, seu objetivo é começar ou continuar sua vida profissional, esse é o programa ideal para você. Durante o mestrado, você terá aulas ministradas por homens de negócios franceses e terá a oportunidade de fazer estágios profissionais.

·         Mestrado de Pesquisa: São aqueles programas de mestrado nos quais os estudantes recebem alto grau de aprendizado teórico e que, ao mesmo tempo, precisam escrever e apresentar a tese de pesquisa. Se você pretende continuar com um programa de doutorado, realizar pesquisas ou ensinar, o mestrado de pesquisa é o caminho.

·         Mestrado especializado: Oferecido pelas Grandes Écoles, esses são programas de tempo integral com duração de um ano. O objetivo é ter um conhecimento bastante específico em uma determinada matéria do setor privado. Sendo programas bastante intensivos, os estudantes precisarão assistir a aulas teóricas, fazer estágios e escrever suas dissertações.

Se você está interessado em fazer um programa de mestrado na França, é importante lembrar que o ano acadêmico no país começa entre Setembro e Outubro e termina entre Maio e Junho. Você encontrará duas maneiras de se inscrever para estes programas na França: a primeira é através do sistema da Campus France (desde que seu país esteja inscrito no acordo do CEF), e a segunda enviando sua inscrição diretamente para a universidade. Você deve também estar atento aos procedimentos de admissão do programa em que você está interessado, para saber qual o meio que deverá utilizar para enviar seus documentos.

Doutorado: Na França, programas de doutorado são ensinados pelas Escolas de Doutorado que, normalmente, estão atreladas a uma Universidade. Toda a pesquisa durante o doutorado é feita sobre uma Unidade de Pesquisa formada por vários doutorandos que buscam informações sobre um tema similar, com a supervisão de um diretor. Se você procura um doutorado na França, você precisará ter um mestrado primeiramente, assim como ter a sua tese aceite pelo diretor. O programa de doutorado francês dura, aproximadamente, três anos.

Os custos de fazer pós-graduação na França

Na França, existem 83 universidades públicas. Por isso, existe no país uma igualdade entre estudantes franceses e internacionais. Os estudantes do exterior têm direito a pagar o mesmo valor que os franceses pagam pelos cursos nas universidades públicas.

O valor que você terá que pagar pelo seu curso em uma universidade pública é determinado pelo estado. Par ao ano de 2012, o valor foi de 250 euros por ano por um programa de mestrado e de 380 euros para o doutorado. Isso faz com que a França seja um dos países mais em conta para fazer uma prós-graduação.

No entanto, é importante salientar que os valores nas Grandes Écoles privadas são muito maiores, podendo ir de 3.000 a 10.000 euros por ano.

Para morar na França, dependendo da cidade onde você vai estudar, são necessários entre 700 a 1.000 euros por mês para despesas de moradia, alimentação, transporte e entretenimento. Como estudante na França, você poderá ter o direito de trabalhar até 964 horas durante o ano, o equivalente a 60% das 35 horas por semanas permitidas no país. Durante o período de estudo, você poderá trabalhar meio turno, enquanto que durante as férias, é possível trabalhar em tempo integral sem exceder o máximo de horas permitidas por ano. Na França, o pagamento mínimo por hora é de 9,40 euros. Lembre-se que você terá que desembolsar 20% do salário para o pagamento de impostos.

Bolsas de Estudo

Na França, o financiamento estudantil e as bolsas de estudos são oferecidos por várias instituições, como o Ministério Francês para Relações Externas, o Ministério Francês para Educação Superior e Pesquisa, instituições de educação superior, instituições de pesquisa e Conselhos regionais.

Uma das bolsas de estudo mais completas para seguir uma pós-graduação na França é o Programa Eiffel, a qual ajuda no financiamento programas de Mestrado e Doutorado a estudantes internacionais, nos campos da Ciência, Engenharia, Economia, Administração, Direito e Ciências Políticas. Para os mestrados, são oferecidas bolsas de estudo de 1,181 euros por mês, mais benefícios adicionais, por um período máximo de 24 meses. Para os doutorados, o valor oferecido é de 1.400 euros por mês mais benefícios adicionais durante 10 meses. Normalmente, as convocatórias começam em Setembro e encerram em Janeiro. No entanto, recomendamos a leitura das informações adicionais na página www.campusfrance.org

Para mais informações sobre bolsas e outras ajudas financeiras na França, visite o site www.campusfrance.org/fria/bourse/index.html#

 

ARTIGOS RELACIONADOS:

Estude na Alemanha: alta qualidade com preço acessível

Estude na Espanha: uma opção apra Latino-americanos

Onde estudar no Reino Unido

6 razões para estudar na Austrália

12 meses antes de começar a o intercambio

O que é MBA, MA, MSc, MEng

Qual é o curso perfeito para você?