Países mais educados do mundo: já conhece?

Para quem quer estudar fora, estar rodeado por pessoas instruídas é um dos motivos que mais pesa na hora da decisão. Esse ranking da OCDE mostra os países com melhor educação em todo o mundo, de acordo com o número de diplomas obtidos no ensino superior.

“Junte-se aos bons, e será um deles” – certamente você já escutou esse ditado por aí. Para você que está levando isso em conta na escolha do destino do seu intercâmbio no exterior, a  Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) apurou o número de pessoas que completaram, pelo menos, o nível de graduação nos países desenvolvidos até 2011. Face à população total residente em um desses países, as percentagens obtidas revelam os lugares onde mais pessoas entre os 25 e os 64 anos completaram o ensino superior, ainda que esse estudo contemple vários outros aspetos de educação.

1.       Federação Russa

Na Rússia ou, mais corretamente, na Federação Russa, mais de metade da população (53%) tem, pelo menos, um diploma de ensino superior. A porcentagem de pessoas com o ensino médio completo é impressionante – 95% - quando comparada com a média da OCDE, que é de 75%. Metade europeu, metade asiático, a Rússia é também um dos países que, no passado, mais investiu em educação em todo o mundo, ainda que agora surja nos últimos classificados em termos de investimento.

2.       Canadá

Logo atrás dos russos,  os canadenses ostentando um diploma de graduação na parede atingem um total de 51% da população total do país. Reconhecido como um dos países que mais investe em tecnologia e ciência, também não surpreende que, em 2010, o Canadá tenha gasto uma média de 16 mil dólares anuais por estudante em estudos superiores. 

3.       Japão

Com 46% da população com um grau de ensino superior completo, registados em 2011, o Japão é, ainda assim, um dos países que menos investe em educação atualmente. No que diz respeito ao ensino médio, esse país asiático também apresenta um dos melhores resultados mundo: em 2011, 96% dos japoneses tinham o ensino médio concluído.

4.       Israel

Não muito longe do pódio, Israel apresenta cerca de 46% da sua população com diploma superior. Por outro lado, a média de idades registrada aquando da entrada na faculdade é mais elevada do que em outros países, devido ao alistamento militar obrigatório dos israelitas por volta dos 19 anos. Ainda que não seja a opção mais reconhecida quando pensamos em educação, Israel pode estar se tornando em um dos países mais promissores nessa área.

5.       Estados Unidos

Fechando o top 5 de países mais instruídos estão os Estados Unidos, com 42% da sua população residente com uma graduação completa no currículo. De acordo com as estatísticas, em 2010 os Estados Unidos investiram menos em educação do que em anos anteriores, ainda que seja ainda o país que mais dinheiro gasta por ano com cada estudante entre todos os países da OCDE: quase 23 mil dólares.


Confira o Top 10 completo:

1.       Federação Russa

2.       Canadá

3.       Japão

4.       Israel

5.       Estados Unidos

6.       Coreia

7.       Reino Unido

8.       Nova Zelândia

9.       Finlândia

10.    Austrália